Jogadores: 4216 Equipas: 635 Universidades: 72

 Conhece o Programa Twitch Student e de que forma ele te pode ajudar
   Dezembro 12, 2017
Os Três Pilares do Programa Twitch Student

“Inclusão, Diversidade e Colaboração” - Estes são os três grandes pilares do programa da Twitch, Twitch Student, criado especificamente para estudantes e impulsionando-os a ter uma voz na indústria dos videojogos, na competição e no streaming.

Não importa o teu nível de jogo, o Twitch Student representa os meus fundamentos da criação da e-University League. O importante é uma competição saudável, que crie novos laços e fortaleça as relações dentro do local de estudo, promovendo uma experiência mais gratificante para o estudante.

Este ecossistema permite aos alunos e Universidades criarem e estruturarem da melhor forma todo o gaming dentro da sua escola, sendo que em países como os Estados Unidos as Ligas Universitárias operam muito pelos clubes fundados dentro das próprias Faculdades e geridas por alunos.

Em Portugal o sistema criado pela própria EUL diverge um pouco do sistema adoptado por estes países uma vez que trabalha mais próxima das Associações de Estudantes fornecendo-lhes mecanismos para ajudar os seus estudantes através da interação de videojogos, estimulando-os a olharem para este mercado com futuro. Este mesmo futuro é variável entre tudo o que esta indústria move, os eSports, a criação e conteúdo, produção, etc.

E é isto que também nós queremos mudar, criar, diversificar. Se achas que tens o dinamismo certo e queres criar um clube que ajude os jogadores dentro da tua Faculdades, a e-University League ajudar-te-à a traçar esse mesmo caminho com todo o apoio necessário. É parte do nosso compromisso e do Twitch Student apoiar não só estudantes bem-sucedidos em esports, mas estudantes bem-sucedidos como um todo.
 
( Mark "Garvey" Candella em Penafiel, Portugal nas Finais da UEM 2017 )

Mark Candella, director estratégico do Programa Twitch Student afirma que "Os alunos são o nosso futuro e a indústria precisa de lhe fornecer as ferramentas correctas. Nós queremos que as suas aspirações, sonhos, ambições se tornem realidade e sejam sustentáveis com continuidade e consistência."

Recentemente esteve em Portugal, Penafiel, nos estúdios da Clickfiel Arena, para a Final Europeia da University eSports Masters, juntamente com Kevin Hoang, director de conteúdos da Twitch Student, onde assistiu ao vivo às finais Universitárias de League of Legends entre Portugal, Espanha, França, Alemanha, Itália e Inglaterra.

Este evento permitiu a estudantes concorrentes na Europa oportunidades para competir em níveis elevados ultrapassando as fronteiras do seu país e tendo uma experiência profissional, algo que nunca tinham tido.
 
"Esse é outro motivo pelo qual o programa foi criado, é criar esta estrutura consistente e esta camada consistente de suporte em qualquer lugar do mundo e proporcionar oportunidades", diz Mark. "University Esports Masters: uma oportunidade para os alunos verem esta indústria pelo que é: uma indústria verdadeiramente global".
 
Envolver-se internacionalmente é muito mais do que apenas concorrência. Para os alunos que participaram do torneio UE Masters, é sobretudo aventurar-se em países que nunca tinham estado, encontrar novas culturas e viver a vida de um cyber atleta profissional.

"O aspecto competitivo era secundário para eles", diz Candella. "O que eles realmente falaram foi a experiência de terem viajado para um país diferente, conhecendo novas pessoas de todo o mundo, experimentando uma nova gastronomia e ouvindo novos idiomas. Fazendo novos amigos fora de sua universidade, fora de sua região, fora de seu país ".

Qualquer país com torneios Universitários está no radar do Twitch Student para obter suporte e envolvimento ativo, seja na América Latina, na Ásia ou em toda a Europa.
 
Quanto à UE Masters, o actual projeto em andamento para Candella e Twitch Student, crescerá para incluir mais três países no próximo ano, culminando em nove países concorrentes para uma nova experiência
 
( Ao estares inscrito na EUL habilitaste a ganhar Swag Twitch )
 
Os Níveis elementares do Twitch Student:

O Twitch Student criou o seu próprio ecossistema e processo para interagir com estudantes e universidades. No caso de uma Universidade ela pode estar associada e dentro da Twitch de uma forma muito própria através de dois níveis:
 
Nível Um é criar uma conexão com a Twitch e o Twitch Student. As Organizações de Gaming Universitárias, Universidades ou Associações de Estudantes podem criar uma página da equipa Universitária no site do Twitch personalizando-a da melhor forma e representando a sua Universidade de forma adequada.
 
O Nível Dois é criar conteúdo de transmissão consistente, cumprindo um horário de transmissão de 9 horas semanais iniciando assim um processo de tornar-se um clube parceiro na Twitch - o que significa um botão de assinatura, receita de anúncios, suporte a eventos e ainda swag Twitch.
 
"As ferramentas que fornecemos ...", diz Candella. "É suposto criar uma prova de conceito sobre como os alunos irão organizar e, em seguida, representar a faculdade como um todo através de uma página de equipa da Twitch. A ideia das páginas da equipa é criar uma representação para a sua universidade como um todo ".
 
Essas "provas de conceitos", como afirma Candella, funcionam igualmente como uma área agregada na qual os estudantes universitários interagem e, consequentemente, os administradores podem dar visibilidade aos seus jogadores, conteúdo e fornecerem assim mecanismos à sua Universidade de interacção.
 
Candella destaca que quando o Twitch Student começou, havia apenas um programa universitário neste nível, sendo a Universidade de Robert Morris nos Estados Unidos. No entanto, através de várias novas Universidades, trabalho de muitos alunos por todo o mundo e as respectivas Ligas Universitárias Nacionais, o programa tem expandido fortemente.
 
O objectivo é claro, apoiar os alunos que queiram criar e gerir os programas de competição de esports e todas as suas ramificações dentro da sua própria Universidade, criando grupos internos, sendo clubes ou associações, estimulando assim a interacção de gamers dentro da mesma.
 
"Isso deposita a confiança necessária nos alunos e nas suas aptidões", diz. "E formando estes grupos permiti-nos ter a certeza que os mesmos serão continuados por novos alunos. Todos podem ajudar e ser parte do programa, alunos apaixonados pela indústria e que têm muito para oferecer à sua Universidade ".
 

Se quiseres saber mais sobre este programa da Twitch segue já o Twitter e o Facebook.


 
e-University League e os novos desafios
 
Carlos Leitão, fundador da e-University League, afirma que “o próximo passo da EUL será deixar os alunos criarem eventos, clubes, equipas, dentro das suas Faculdades e dar-lhes o apoio necessário para que possam dinamizar junto de todos os alunos várias actividades ligadas aos esports. É importante que os alunos conheçam o impacto que esta indústria tem, não só como jogadores, mas como programadores, como criadores de conteúdos, como directores de eventos, etc” “Nós queremos fornecer os apoios necessários e sustentáveis para que possam ter uma voz nesta indústria”.

De facto toda a estrutura da EUL estará sempre atenta a toda a comunidade Gaming Universitária, qualquer seja o teu projecto, ambição, evento, contacta-nos para que te possamos ajudar, orientar, e fornecer os melhores mecanismos.


* Algumas informações foram retiradas do artigo da cstarleague.com