Jogadores: 4808 Equipas: 681 Universidades: 75

 
   
 
 
Pedro "Iiri" Summavielle, capitão da equipa da FCUP - Faculdade de Ciências da Universidade do Porto respondeu-nos a algumas perguntas.
 
 
 
 
A vossa Faculdade já participou na EUL anteriormente. Mudaram de jogadores para esta época ?
Sim, somos uma equipa completamente nova. Como é o meu primeiro ano na universidade decidi criar uma equipa com o intuito de participar na EUL. Após ter reunido a actual equipa cá estamos para representar a nossa faculdade e para nos divertirmos.


O que vos motiva a repetir a experiência da competição na EUL ?
No nosso caso vai ser mais uma vivência de experiência da competição na EUL visto que é o primeiro ano que vamos participar como equipa.


Quais as expectativas da equipa para a Winter Season?
As nossas expectativas para a Winter Season são sem dúvida atingir o Top 4 e garantir a qualificação para a final da EUL. Estamos cientes de que existem várias equipas com talento superior ao nosso e com muita mais experiência nesta liga, mas vamos tentar atingir a melhor posição possível.


Algum de vocês joga em alguma organização portuguesa de eSports ? Se sim, qual ?
Na nossa equipa apenas o Aries Pls joga para uma organização portuguesa de eSports: os K1CK.
 

Sentem que ainda há preconceito em relação à competição eletrónica em Portugal ? Se sim, o que pode ser feito para mudar essa imagem, nomeadamente a nível académico ?
Sem dúvida, os meios de comunicação social em Portugal sempre denegriram a imagem dos videojogos e isso levou a um atraso do nível de competição eletrónica a nível nacional.
Ao longo dos anos foram feitas várias reportagens que retratavam os videojogos quase como uma droga e que nós não passávamos de um "bando de viciados" que só vivia para os jogos e cuja hipótese de ter um futuro profissional era muito pequena. Engraçado o facto de a EUL ser uma liga cujos participantes são todos alunos do ensino superior...
Como estou pela primeira vez a frequentar o ensino superior não tenho uma ideia muito bem definida sobre o estado da imagem dos videojogos a nível académico, o que faz com que não tenha ideias sobre como alterá-la.
 

Participam na EUL por diversão ou competitividade ?
Ambas, participamos mais por diversão mas não deixamos de ter o espírito competitivo e a vontade de nos qualificarmos para a final.
Como somos uma equipa nova o que procuramos fazer foi arranjar maneira de nos divertimos e ao mesmo tempo qualificarmo-nos para a Winter Season. Jogar um jogo só para conseguirmos atingir certos objectivos e sem diversão não faz sentido para nós, por isso procuramos sempre manter o equilíbrio entre a competitividade e a diversão.
 
 

Qual é o ponto mais forte na vossa equipa ?
O ponto mais forte da nossa equipa é o nosso jungler, Aries Pls, não só pela sua experiência competitiva a participar pelos K1CK, mas também pela sua boa visão de jogo e nível mecânico.
 
 
Sentem que a competitividade electrónica vos poderá ajudar na vossa carreira profissional e académica ? Podem fundamentar a vossa resposta ?
A competitividade sempre levou à evolução e ao crescimento de um ser, embora muitos possam pensar que estas competições não passam de uma distração na nossa carreira profissional e académica, eu penso que podemos desenvolver muitas capacidades que podem ajudar no nosso futuro profissional, especialmente os capitães de equipa e os "shoutcallers".